domingo, 21 de novembro de 2010

VÔ ANNIBAL


Após 6 dias de expectativas de encontrar o vô Annibal - ou o Biso Niba, como os bisnetinhos o chamavam -, hoje, domingo, recebemos a notícia de que ele havia sido encontrado sem vida.
Para ele, alguns dias lutando pela sobrevivência, para nós, familiares e amigos, 6 dias de buscas acompanhados de muita angústia e dor. Foram os mesmos dias vividos pelos inúmeros amigos da família e, até mesmo, por aqueles que nem nos conheciam, mas que sentiram a nossa aflição e choravam a nossa lágrima.
Desde o dia 16, quando ele se perdeu em virtude de uma crise do terrível mal de Alzheimer, a comunidade cravinhense, população da região e todas as pessoas que se sensibilizaram com a situação não mediram esforços para nos ajudar a localizá-lo.
Os amigos e familiares distantes que rezaram e puseram meu avô em suas intenções mais particulares ajudaram tanto quanto cada um que pegou seu veículo e partiu para as ruas de Cravinhos, região e zonas rurais, durante os dias, tardes, noites e madrugadas.
Em nome de toda família, em especial em nome da Vó Bel, com quem ele viveu 66 anos unido por um amor incondicional, quero expressar meu sincero agradecimento pelo apoio, pelas orações, pelos telefonemas de preocupação, pelas mensagens e pela especial atenção a nós dedicada durante todo o período de incertezas que vivenciamos.

Aos blogueiros que postaram meu apelo em seus blogs/sites particulares, muito obrigada.
Aos veículos de comunicação que divulgaram o desaparecimento do meu avô, nossa imensa gratidão. Não poderia deixar de expressar um agradecimento especial à EPTV Ribeirão pela excelente reportagem exibida em 19/11/2010. À repórter Murielli Fernandes e ao câmera-man, muito obrigada pela sensibilidade, pelo cuidado para comigo e para com minha família. Vocês mostraram que, antes de tudo, possuem um grande coração e muita humanidade.
Agradeço também ao Jornal A Cidade, Jornal Tribuna Ribeirão, Jornal A Tribuna Regional de Cravinhos e todos os sites de jornalismo que publicaram a matéria e divulgaram a foto do meu avô. Continuem fazendo o jornalismo sério e comprometido com o próximo.
Aos meus amigos da pós-graduação que se envolveram e facilitaram a divulgação do desaparecimento na mídia, aos amigos virtuais que dispararam inúmeras mensagens de apelo... Valeu pela grande força!
À comunidade de Bonfim Paulista, PM e Guarda Municipal que se mobilizaram depois da notícia de que ele havia sido visto por lá... Todo esforço foi válido.
À Polícia Militar de Cravinhos, ao prefeito, aos vereadores que ajudaram e aos funcionários, obrigada.
Aos que deixei de citar, mas que auxiliaram de uma forma ou de outra, incluam-se nos nossos amigos. Somos igualmente gratos a vocês.

O Vô Annibal era simplesmente tudo em nossa vida. Exemplo de caráter, de ser humano, de esposo, de pai, de avô, de bisavô, de amigo... Era o vô que trazia moranguete para os netos quando estes ainda eram todos pirralhinhos... rs. Ai, Vô!!!

Este post poderia se chamar "Adeus, Vô Annibal", no entanto, preferi excluir o "adeus" porque essa palavra me remete a um fim e ponto final. E a morte não é o fim... É o novo começo, é o encontro com Deus e entrada numa dimensão plena junto ao Pai.
É lá do ladinho DELE que nosso vozinho está. Agora nosso coração está em paz porque não há mais sofrimento, apenas luz.

32 comentários:

  1. Cara Lucimara,
    minha mais sentida solidariedade para consigo nestes momentos de dôr.
    Receba um forte abraço desde este lado do Atlântico

    ResponderExcluir
  2. Eu sei muito bem os danos, cruéis, desta horrível doença, Lucimara. Eu sinto muito.

    Abraços e o meu carinho.
    Glória

    ResponderExcluir
  3. Puxa, qúe triste notícia essa! Estava comesperanças de que fosse encontrado,mas bem.

    Meus sinceros sentimentos a todos vocês e que tenham força pra passar por essa hora tão triste.
    Ele,de onde está olha tudo e olha por vocês. Virou Luz! beijos,fiquem bem!chica

    ResponderExcluir
  4. Oi, Lucimara:
    Lamentamos tal notícia. Os nossos pêsames e as nossas orações por toda a família. Com a fé no Cristo sabemos que o seu vô, agora, está junto ao Pai Eterno olhando por todos vocês. Fiquem bem. Um grande beijo :)

    ResponderExcluir
  5. nossa... eu sinto muito, muito mesmo, Lucimara...
    não sei nem o que dizer, estava na maior torcida para que seu avô estivesse bem...
    sinto muito.

    ResponderExcluir
  6. Desejo muita paz nos corações de vocês, Lu.

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  7. Olá Lucimara, gostaria que o desfecho do desaparecimento do seu Avô não fosse assim. Sabemos que Deus escreve certo por linha tortas, e que ele Deus sabe o que faz, mesmo sabendo que é duro, mais compreensível! Que você e sua família tenha muita paz, compreensão e harmonia nessa hora de tristeza.
    Abraço da família blogueira Cidreira.

    ResponderExcluir
  8. Olá, querida
    Obrigada pelo e-mail e me sinto acolhida por vc por isso. Interesante que na hora da dor criamos força para ainda agradecer!!!
    Deus abençoe a todos vcs aí...
    Dê uma olhadinha no meu post de ontem:
    Estou fazendo uma semana de reflexões com textos sobre o silêncio, acompanha,tá?
    Saudações com votos de paz e alegria no início da nova semana.
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Sinto muito querida amiga,as minhas sinceras condolências.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  10. Oi Lucimara.
    Sinto muito pelo seu avô Anibal. Sei que ele está bem melhor onde está. Deus dê conforto a toda a sua família. Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Sinto muito...Um beijo e um abrço cheio de carinho e com as forças que só DEUS pode dar!

    ResponderExcluir
  12. Apenas hoje cheguei ao seu blogue, e logo numa altura em que as emoções estão à flor da pele.
    Nestas alturas não há muito a dizer, apenas que deixo a minha solidariedade.
    Mas, vai desculpar-me, vou ter que destacar a qualidade da sua escrita. A partir de hoje vou seguir o seu espaço com todo o gosto.

    Bj

    ResponderExcluir
  13. Deus irá dar-lhes conforto nesse momento de dor!
    Imagino como foram os momentos de angústia!
    Abrace a sua vó carinhosamente por mim!
    Deixo um beijo carinhoso para você e toda a sua família!

    ResponderExcluir
  14. Se vô agora está nos braços do Pai Eterno, olhando por vc.
    Bjos!!!

    ResponderExcluir
  15. Olá Lucimara, soube do seu apelo de busca pelo blog de Nira.
    Sinto muito todo o processo doloroso que passaram os familiares e amigos.
    Que Deus o ponha em bom lugar e que a família tenha consolo.
    Grande abraço a todos

    ResponderExcluir
  16. Acompanhei pelo blog da Ni as notícias sobre seu avô. Vou repetir aqui, o que disse por lá: não perdemos pessoas, perdemos coisas. Ele estará sempre com vocês através do amor, um sentimento que une as pessoas e transcende a morte.

    Fiquem com Deus.

    ResponderExcluir
  17. Também acompanhei pelo blog da Ni todo o ocorrido e sinto muito tudo o que aconteceu.
    Sinto que vocês são pessoas de muita fé e força.
    Que Deus os abençoe sempre.

    Bjs no coração!

    Nilce

    ResponderExcluir
  18. Oi Lucimara
    Fico meio sem saber o que dizer nessas horas. Que Deus conforte a você , toda sua família e amigos.
    Bjux

    ResponderExcluir
  19. Meus sentimentos, Lucimara, pela tristeza acontecida.
    Que Deus ampare e conforte vc e toda a família com a certeza de que teu avozinho se encontra repousando na casa do Pai.
    Fiquem em Paz. Deus os abençoa!
    Bjs,
    Calu

    ResponderExcluir
  20. Oi Lucimara, caramba, acabi de comentar lá no Espaço em sua postagem, pois andei meio enrolao e agora entendo o motivo da sua tristeza, que o tempo seja companheiro para que vocês possam amnizar a dor, mas que mantenha acessa a chama da saudade em seus corações, pois om certeza seu avô era uma pessoa muito querida por todos...
    Muita paz e sabedoria para que vocês possam passar por este momento...
    Um abraço na alma
    Bjo...obrigado pela participação lá no Espaço...se cuidem ai...

    ResponderExcluir
  21. Olá, Lucimara,

    Acompanhei o caso do desaparecimento do seu avô por meio dos seus posts e da mídia. Imagino o que você e sua família estejam passando, afinal, não é nada fácil perder um ente querido e superar essa perda. Porém, devemos nos apegar a Deus - Pai Eterno de pura bondade - e deixar que o tempo, sábio tempo, cure todas as nossas dores e cicatrize todas as nossas feridas.

    Que Deus a abençoe e a conforte - você e toda a sua família.

    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  22. Querida,esse é o comentário que eu não gostaria de postar aqui.Sinto muito mesmo!!!

    ResponderExcluir
  23. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  24. Agradecemos mais uma vez a sua participação no nosso Espaço!
    Você sabia que mais comum do que a maioria das pessoas imaginam, o Transtorno de Déficit de Atenção afeta uma média de 5% a 10% da população infanto-juvenil?
    Quer saber mais sobre o assunto? Venha ler a matéria da Carmem.

    Receba o nosso abraço carinhoso

    ResponderExcluir
  25. Lucimara,

    Agradeço sua visita ao meu blog; mas nem precisava me agradecer, querida, divulguei porque queria ajudar realmente e fiquei sinceramente triste ao saber da notícia final.
    Espero que você e sua família estejam bem na medida do possível. O tempo amenizará a dor.

    Bjs,

    Elaine

    ResponderExcluir
  26. Querida amiga

    Nada a dizer.
    Resta aprender a lidar com
    a ausência.
    Quem parte continua
    a viver em nossa vida,
    agora na forma de lembranças.

    ResponderExcluir
  27. Lucimara
    fiquei sabendo da noticia agora e fiquei muito triste.
    que Deus alcance a todos vocês trazendo paz e conforto.
    deixo o meu abraço carinhoso.

    ResponderExcluir
  28. Que consiga abrandar seu coração...
    Abraços

    ResponderExcluir
  29. http://dcosmo.blogspot.com/ "cosmo a pé"

    ResponderExcluir
  30. É uma pena que tenha ocorrido assim, mas ainda acredito que tudo tem um porque!

    Grande abraço e força!

    ResponderExcluir

Obrigada por sua visita e comentário.
Volte sempre, pois é e será sempre um prazer dividir minhas letras com você!