quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

QUE TUDO SE REALIZE...

Todo final de ano você já espera a clássica melodia: "Adeus Ano Velho, Feliz Ano Novo, que tudo se realize no ano que vai nascer. Muito dinheiro no bolso, saúde para dar e vender".
Adeus remete a uma ideia de despedida, de separação, e isso inegavelmente leva a certa nostalgia. O último vira primeiro em tudo o que você faz ou fala: o último mês, a última semana, o último dia de trabalho, o último telefonema dado, o último post escrito, dentre tantos outros "últimos".
Às 23h59, seu - também - último dedo da mão se desprenderá de 2010 para sempre. Só de imaginar, uma tristeza dá sinal de vida aí no fundo do seu peito. Você começa, então, a listar na agenda de seu íntimo tudo o que deixou de fazer, indo contra aquela insistente teoria: "não deixe para amanhã o que se pode fazer hoje".
O sorriso que não doou, o colega que não perdoou, a visita ao doente que não fez. A roupa que deixou de comprar, a atenção ao filho que não deu, a matéria que não estudou. O doce que não comeu por medo de engordar, a oportunidade que perdeu de conquistar, o obrigado que esqueceu de pronunciar...
Enfim, você economizou tanto a vida, que o ano se despede em poucas horas, restando apenas as memórias. O arrependimento por ações não completadas, por palavras não proferidas ou pelo tempo perdido com inutilidades te atormentam, no entanto, você é humano e as emoções se hibridizam de tal forma, que seu coração, sempre esperançoso, se rejubila ao saber que em breve estará nos braços abertos e acolhedores de 2011.
Difícil analisar se o ano foi bom ou ruim. A questão é bastante relativa. Para quem perdeu algum ente querido ou ficou desempregado, foi um tempo triste, todavia, para quem passou no vestibular, conquistou um novo amor ou ainda assistiu ao nascimento do filho, a emoção foi peculiar e a marca indelével na vida.
Todos esperam que 2011 seja um ano mais feliz, brilhante, cheio de desafios e boas oportunidades. Que tudo se realize, como diz a canção, é o que se espera e mesmo que não se tenha o muito dinheiro no bolso, é imprescindível gozar da boa saúde pra dar e vender.

Não obstante, meus amigos, sejamos verdadeiramente pessoas em relação ao nosso próximo. Pessoas capazes de descobrir, utilizar e cultivar o que temos de melhor para fazer o bem aos outros.
Mais do que a passagem do ano par para o ímpar, precisamos fazer da nossa vida um recomeço. Que nosso ser, nosso sentir e nosso viver registrem expressivos momentos nos 365 dias que vêm chegando. Afinal, o clássico do réveillon tem que manter a harmonia e o perfeito tom.
E eu, aproveitando mais uma vez da sensibilidade que Deus esqueceu em mim de transformar meus anseios e pensamentos em "coisas" escritas, desejo, aos meus leitores e seguidores e aos que ainda me (re)conhecerão em 2011, um ano de luz, (textos) e reflexões.
Até mais!
===============================================================
Este texto foi escrito no final de 2009 para postagem em 2010. Hoje trago-o readaptado.

10 comentários:

  1. Lucimara,
    Que no próximo ano a vida seja generosa e nos proporcione as mais preciosas colheitas!

    Beijo :)

    ResponderExcluir
  2. Obrigado, Lu!

    Entre tudo que rolou em 2011, conheci você. Alguém que nunca antes havia tido contato e que depois que tive pensei que ficaria só no mundo dos blogs. Engano meu.

    Eu acredito no inesperado e acredito que ele é sempre bom. Inesperadamente, encerro o ano com o começo de uma amizade com você e um e-mail de feliz aniversário em minha caixa de entrada que me deixa muito feliz sempre que leio. Espero e irei retribuir esse carinho.

    Todos os anos, a vida toda, temos os cinco minutos de tristeza e como você mesma me disse, sofrer nos leva à experiência. E o que são esses cinco minutos em um dia? Em um ano? Na vida? Por isso, meu 2010 foi muito bom, assim como meu 2009 e outros para trás.

    Terei meus cinco minutos de tristeza em 2011 e viverei esses com a mesma intensidade que os outros 525.600 minutos deste novo ano.

    Um beijo.

    Matheus.

    ResponderExcluir
  3. OLÁ LUCIMARA.

    SOU SEU MAIS NOVO SEGUIDOR.

    PARABÉNS PELO BLOG.

    UM FELIZ 2011.

    COMBINADO?

    BEM, DEPOIS DO NATAL E ANTES QUE 2011 CHEGUE, ESTOU CONVIDANDO VOCÊ PARA UMA REFLEXÃO NO MEU BLOG DE HUMOR : “HUMOR EM TEXTO”

    A NOVA CRÔNICA DE HUMOR DESTA SEMANA É : “TIRIRICA R$26.000,00. APOSENTADOS, R$ TITICA,00.”

    VENHA CONFERIR E DEIXE SEU COMENTÁRIO.

    O BLOG “ HUMOR EM TEXTO “ É DE HUMOR...E DE GRAÇA !

    UM ABRAÇÃO CARIOCA.

    ResponderExcluir
  4. O que mais peço neste ano de 2011 é que eu e os meus próximos possam ter muita saúde, porque o resto corremos atrás para conquistar. Quero também desejar um Feliz Ano Novo a minha namorada lindona que a cada sexta-feira traz um texto diferente a seus leitores.
    Bjos! Te amo!

    ResponderExcluir
  5. De coracao desejo pra vc que este ano novo que comeca Deus abencoe cada un de seus dias que o amor seja cada segundo uma constante sempre.... que tudos seus desejos plano e projetos se realicen.. muita paz amor uniao e felicidade para vc sua familia y seus seres queridos... de coracao amiga...Feliz Ano Novo 2011..

    Saludos
    otima semana
    abracos

    ResponderExcluir
  6. "Que o novo ano que se inicia, possamos viver intensamente
    cada momento com muita paz e esperança, pois a vida é
    uma dádiva e cada instante é uma benção de Deus."

    Feliz Ano Novo a vc e sua familia. Beijos

    ResponderExcluir
  7. Querida amiga

    Hoje a minha visita
    é para agradecer.
    Cada visita sua ao meu espaço
    de sentimentos,
    inspira alegrias em
    minha vida,
    e leva o que de melhor
    existe em mim.

    Sua amizade é preciosa
    em minha vida,
    e há de continuar a ser
    neste novo ano
    que está nascendo.

    ResponderExcluir
  8. Todo novo ano que nos brinda é um presente que vem do Criador.

    Que ele seja assim na vida da amiga, um presente permanente!

    Abraços renovados por mais 365 dias!

    ResponderExcluir

Obrigada por sua visita e comentário.
Volte sempre, pois é e será sempre um prazer dividir minhas letras com você!