sexta-feira, 11 de março de 2011

O URSO, O LEÃO E O RATINHO

Fred era um belo e preguiçoso urso que vivia encostado pelas árvores da floresta. A placidez de seu olhar expressava a paz que toda selva teria se não fosse a maldade dos homens.
De repente, no ar, um cheiro de perigo. Ruídos provocados por armas de fogo, fumaça, gritos e urros de raiva pareciam vir de todos os lados.
Assustado, Fred arregalou os olhos e sinalizou o leão que, apavorado, gritava:
- Não me mate, não me mate!
Foi então que o urso se aproximou para tentar passar segurança ao amigo. Escoltando o leão, cinco homens muito robustos, de olhares que espantavam e denotavam terror.
Na primeira tentativa de diálogo, os amigos atemorizaram-se com o forte ruído causado pela arma de fogo. Diante deles, o tronco crivado por tiros apresentava-se como a demonstração do que se sucederia em mimutos.
Os animais agarraram-se e ajoelharam implorando que não fossem mortos.
Eis que, no exato momento, surge o ratinho, que há dias não aparecia por ali. Parou cerca de doze passos daquela parede humana. Estufou seu peito e indagou:
- O que querem por aqui? Somos uma família e vocês não têm o direito de acabar com ela.
Os olhos do ratinho percorriam cada centímetro do cadarço dos coturnos que calçavam os grandes pés daqueles homens. Acima, volumosos músculos de meter medo.
Mesmo assim, o pequeno acalmou os amigos da floresta, dizendo que nada aconteceria.
Fred e o leão entreolharam-se sem entender a ousadia daquele minúsculo mamífero que, a qualquer momento, poderia ser moído por aquelas espessas solas.
Segundos após, já com o ataque premeditado, o ratinho espichou os braços e partiu para cima dos grandalhões.
Penetrou por baixo da calça de um dos homens e começou a roçar-lhe os pelos da perna, causando-lhe terríveis cócegas. O brutamontes berrava de pavor e pedia aos amigos que tirassem o bichinho dali. Sem alternativa, os outros quatro, para defendê-lo, começaram a dar-lhe pancadas com pedaços de lenha que encontraram ao redor.
O resultado? O inesperado! Mataram o amigo de tanto bater e o ratinho saiu ileso, sem nenhuma falha na pelagem.
Assim se procedeu com outros dois homens. O ratinho gostou da “brincadeira”. Por fim, sobraram três mortos, dois frustrados, dois sobreviventes e um ratinho herói.
Fred e o leão correram até o pequeno amigo para homenageá-lo.

Moral: Tamanho não é documento

Há um tempo já publiquei uma fábula aqui.
Gosto de fábulas. São de natureza simbólica e, como bem define La Fontaine (grande fabulista - séc. XVII), são narrativas que, sob o véu da ficção, guardam uma moralidade.
Espero que tenham gostado.

13 comentários:

  1. Fabuloso. Um grande abraço e bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  2. Também gosto das fábulas. Estou precisando ser mais corajosa, como esse ratinho!
    bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  3. Olá Lucimara
    Eu também adoro fábulas, elas sempre nos dão de forma simples, grande lições de vida.
    Bjux

    ResponderExcluir
  4. Oi, em mensagens assim , aprendemos muitoooo...
    Amei sua visita em meu blog, seja sempre bem vinda...
    Ótimo final de semana!

    Bj

    ResponderExcluir
  5. PONTO para os ratinhos do mundo!
    Adorei, LU! Também curto muito fábulas.

    Um bjo.

    ResponderExcluir
  6. Olá, linda!!
    Gosto demais de fábulas. Parabéns! Vc é 1000
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  7. Oi Lu... arrasou de novo! Todos estamos mais do que certos de que tamanho não é documento, mas o difícil é termos coragem para agirmos de tal forma! Obrigada pelas mensagens de incentivo que sempre se fazem presentes no seu blog!
    Parabéns e boa semana

    ResponderExcluir
  8. oi Luci
    amo visitar seu blog.
    Gostei d+ da fabula.
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Oiii!
    Tudo bem Lu?

    Passei por aqui para dizer indiquei você para o Selo Stylish Blogger Award. Se quiser o blog reconhecido por esse selo, é só seguir instruções no link abaixo, no post referente a indicação.

    http://sovimpraescrever.blogspot.com/2011/03/selo-stylish-blogger-award.html

    Espero que tenham gostado.

    Beijo da Petit!

    ResponderExcluir
  10. Graça e paz

    somente assistam

    http://marceloibl.blogspot.com/2011/03/forte.html
    http://marceloibl.blogspot.com/2011/03/forte-2.html

    Deus abençoe!
    Marcelo

    ResponderExcluir
  11. uhaua Virei fan do ratinho!

    um beijo!

    ResponderExcluir
  12. Obrigada a vocês que participam, que comentam. Esse retorno é muito importante.
    Quase nunca respondo aos comentários, mas estou atenta a eles. É que às vezes meu tempo é escasso.
    Continuem. Preciso de vocês!
    Um beijo para cada um.

    ResponderExcluir

Obrigada por sua visita e comentário.
Volte sempre, pois é e será sempre um prazer dividir minhas letras com você!